Tag : mamoplastia

HomePosts Tagged "mamoplastia"
Mulher segurando seios com faixa cirúrgica

Mamoplastia e recuperação: como funcionam?

Mamoplastia é o nome dado à cirurgia plástica realizada na região dos seios, podendo ser realizada para quatro finalidades:

  • Aumentar
  • Reduzir
  • Reparar
  • Levantar – Mastopexia.

Sendo assim, trata-se de um procedimento indicado, sobretudo, para mulheres cujas mamas apresentam um tamanho não desejado por elas – menor ou maior -, bem como outras alterações como flacidez e assimetrias (um lado diferente do outro). Além disso, mamas grandes demais, que compõem um quadro chamado hipertrofia mamária, além de causarem incômodo estético, também podem levar a dores na coluna e até mesmo dificuldade para higiene. Quando as mamas apresentam flacidez, normalmente se apresentam numa posição mais baixa do que o normal. Nós, cirurgiões plásticos, conhecemos esse quadro com ptose mamária.

Em todo e qualquer caso, é fundamental a orientação adequada das pacientes, para que não existam complicações, principalmente, na fase pós-cirúrgica. Além disso, é essencial que quem deseja passar por esse tipo de intervenção se certifique de que a clínica escolhida e os profissionais que atuam nela são de boa procedência e verdadeiramente confiáveis. Caso contrário, o preço pago pode ser muito maior do que, simplesmente, os custos com a cirurgia, acarretando danos irreversíveis à saúde e ao bem-estar.

Como é o pré-operatório da mamoplastia?

Um dos principais momentos no processo da cirurgia de mamoplastia é o pré-operatório, já que é nesta fase que são definidos diversos fatores importantes. A etapa inclui conversas com o cirurgião plástico para esclarecimento de dúvidas, bem como a realização de todos os exames necessários. Tudo isso é imprescindível para observar o estado clínico da paciente e quais tipos de complicações poderiam ocorrer, com base no quadro médico apresentado.

Caso seja decidido pela utilização de prótese mamária, a escolha desta será feita em consenso entre médico e paciente, variando de acordo com o tipo de mamoplastia realizada e as características físicas da paciente. Há, ainda, outros aspectos avaliados, como a quantidade de tecido mamário a ser retirado, em casos de mamoplastia redutora e mastopexia.

O procedimento e tipos de anestesia

Em qualquer hipótese, a mamoplastia deve ser realizada em ambiente hospitalar. É fundamental que haja toda a estrutura necessária para atender a paciente, sobretudo, se ocorrerem complicações. O procedimento se dá em centro cirúrgico. O tipo de anestesia depende do caso. Deverá ser utilizada anestesia geral em caso de cirurgias de maior porte, como mamoplastia redutora e mastopexia. Já para os casos de simples inclusão de prótese sem retirada de pele, anestesia local associada à sedação pode ser uma ótima escolha, com conforto para a paciente. Porém, cada caso será decidido individualmente, mediante avaliação conjunta do cirurgião e anestesista.

O tempo médio de duração da cirurgia depende do tipo de procedimento realizado. Para inclusão de próteses mamárias, sem retirada de pele, por exemplo, é possível que a cirurgia esteja encerrada entre 60 a 90 minutos. Já para casos mais complexos, a cirurgia pode se estender mais, dependendo de suas peculiaridades. Quando há retirada de pele para suspensão da mama (mastopexia), ou quando é necessária a retirada de tecido mamário interno (mamoplastia redutora), o tempo de cirurgia pode passar de 3 horas. Lembremos que o tempo que a paciente permanece no centro cirúrgico é maior do que o tempo da cirurgia, pois devemos levar em consideração o período para que ela seja anestesiada antes da cirurgia, e também a recuperação da anestesia quando a cirurgia termina. Isso é importante ser avisado para os acompanhantes da paciente que aguardam no quarto, para que o aparente tempo aumentado de cirurgia não gere preocupação.

Posteriormente, são aplicados curativos elásticos e modeladores, que colaboram com a recuperação e cicatrização da região. Estes itens devem ser trocados periodicamente, de acordo com o que for determinado pelo médico, a fim de manter a higienização e promover a rápida recuperação.

Cuidados pós-operatórios essenciais para quem passa por cirurgia de mamoplastia

Em mamoplastias, na maioria dos casos, a alta se dá no mesmo dia da cirurgia. Na menor parte dos casos, a internação chega a 24h.
É importante que a paciente permaneça em repouso, sem mexer muito os braços durante os dias de pós-operatório, e somente retorne às suas atividades conforme liberação do especialista. Em geral, tarefas cotidianas costumam ser permitidas mais cedo do que aquelas que exigem maior esforço físico. Apenas o cirurgião plástico pode indicar o que está liberado ou não, de acordo com a recuperação de cada pessoa. Isso será avaliado durante as consultas de retorno.

De uma maneira geral, o tempo de recuperação é de 2 semanas a 1 mês, dependendo da complexidade do procedimento. Esforços maiores, como musculação, são liberados com 2 meses. Exposição ao sol normalmente deve ser evitada nos 2 a 3 primeiros meses, e após esse período, caso a paciente resolva ir à praia, por exemplo, deve ainda usar protetor solar nas cicatrizes. O sutiã cirúrgico é um importante aliado e deve ser usado continuamente por 6 semanas em média. Diversos tratamentos para a cicatriz serão implementados de acordo com o caso, como curativos especiais e fita de silicone, dentre outros.

Uma boa recuperação para cirurgia de mamoplastia também exige alimentação saudável e uso dos medicamentos indicados pelo médico.

A clínica do Dr. André Ahmed, cirurgião plástico no Rio de Janeiro, conta com uma imensa variedade de procedimentos estéticos e com profissionais altamente qualificados, visando sempre a beleza, a saúde e o seu bem-estar. Entre em contato e faça uma avaliação!

cirurgia-de-silicone

Cirurgia de silicone: descubra os cuidados do pós-operatório

Um dos momentos mais delicados de qualquer procedimento invasivo é o pós-operatório. É preciso redobrar os cuidados e seguir tudo aquilo que for orientado pelo médico especialista.

Quais são os principais cuidados?

Quando se trata de cirurgias de silicone, uma das opções mais buscadas hoje em dia no país, existem algumas cautelas fundamentais para a recuperação e, entre elas, as principais são:

Repouso

A cirurgia, mesmo quando feita por profissionais treinados e de maneira totalmente segura, acaba sendo um processo delicado. Por isso, é importante que, após a operação, a paciente fique em repouso absoluto pelo tempo estipulado pelo seu médico.

O indicado é ir voltando à rotina com muita calma e cautela e, dependendo da região que foi operada, algumas partes do corpo não poderão ser movimentadas por um tempo. Quando se trata da prótese mamária, por exemplo, o indicado é não levantar os braços por, no mínimo, duas semanas, ou seja, durante esse tempo, o paciente não poderá fazer tarefas simples do cotidiano, como acenar ou dirigir. Também não é recomendado carregar peso nos primeiros dias da recuperação.

Cinta compressora ou sutiã

Outro cuidado essencial quando se fala do pós-operatório da cirurgia de silicone é usar os sutiãs ou cintas. Eles funcionam como curativos compressivos em pacientes que passaram por determinadas intervenções.

A colocação desse item evita que a ferida se abra e sangre, diminui as dores comuns do processo, impede que a prótese colocada se desloque, além de também contribuir e acelerar o processo de cicatrização. Quanto maior o tempo de uso desse acessório, melhor será a recuperação do paciente.

Drenagem linfática

Após uma cirurgia, também é essencial fazer algumas sessões de drenagem linfática. Esse tipo de massagem ajuda a eliminar todo acúmulo de líquidos no corpo da pessoa operada e retira as toxinas presentes no organismo.

Também vale ressaltar que a drenagem ajuda nos hematomas da paciente, diminuindo suas dores e edemas. Em média, cada paciente deve fazer 10 sessões para alcançar os resultados esperados.

Sono seguro

O horário do sono também merece um cuidado redobrado e especial. É importante que não se pressione a região que passou pela cirurgia no momento do descanso.

E se mesmo assim houver imprevistos durante a recuperação?

Mesmo com todas essas dicas e cuidados, é difícil garantir que o paciente não sofra qualquer tipo de problema, como uma infecção. Por isso, mesmo seguindo todos os procedimentos, é fundamental procurar o médico caso perceba qualquer sintoma diferenciado, como uma dor muito intensa, um desconforto singular ou um corrimento.

Como saber mais sobre esses cuidados?

Para saber mais sobre as próteses de silicone e conhecer todos os outros cuidados que a paciente deve ter depois do procedimento, basta agendar uma consulta com o Dr. André Ahmed, Cirurgião Plástico no Rio de Janeiro. Ele realiza esse e muitos outros procedimentos estéticos, como lipoaspiração, elevação de supercílio, blefaroplastia, otoplastia, preenchimentos, aplicação de toxina botulínica e muito mais.

É importante mencionar que o médico realiza diferentes exames clínicos em seus pacientes antes de submetê-los à cirurgia, traçando metas com o objetivo de minimizar ao máximo qualquer perigo do pós-operatório. Além da análise na consulta, o especialista ainda solicita outros exames complementares, como radiografia, exame de sangue, eletrocardiograma e outros testes, se necessário.

Marque sua avaliação

O principal objetivo do Dr. André Ahmed é satisfazer seus pacientes, trazendo bem-estar aos interessados, por meio de correções corporais seguras e com ótimo resultado. Entre em contato conosco e agende uma consulta com o Dr. André Ahmed. Os agendamentos com o Dr. André Ahmed são rápidos e eficientes.

WhatsApp