Blog

HomeNotíciasMitos e verdades sobre a prótese de silicone

Mitos e verdades sobre a prótese de silicone

O implante de próteses de silicone está entre os procedimentos cirúrgicos mais realizados em todo o mundo. Atualmente, o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking de países com maior procura, atrás somente dos Estados Unidos. De acordo com o levantamento mais recente, organizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), cerca de 22,5% das intervenções médicas executadas por aqui são referentes ao aumento dos seios.

Apesar de ser um procedimento relativamente simples, é comum surgirem diversas dúvidas entre aquelas que desejam colocar silicone. Por isso, vamos esclarecê-las!

Em geral, a cirurgia costuma durar de 60 a 90 minutos e pode ser feita com anestesia local associada à sedação profunda, ou anestesia geral. A paciente se interna no dia da cirurgia, passa pelo procedimento, e, na maioria dos casos, tem alta no mesmo dia, para ir dormir em casa. Apenas em alguns casos, há necessidade de pernoitar no hospital até o dia seguinte.

Qual é a vida útil de um implante mamário?

Não há prazo definido para troca das próteses, como havia antigamente, quando se determinava 10 anos para a troca. O que deve ser feito é uma avaliação periódica, de tempo em tempo, com exame de imagem.

O silicone impede o diagnóstico de câncer de mama?

Não. Possuir implante de silicone nos seios requer cuidados e realização dos devidos exames periodicamente, seguindo a orientação médica. Há uma maneira específica de fazer a mamografia em pacientes que possuem próteses, com o objetivo de mostrar melhor ao radiologista o tecido mamário para diagnóstico de nódulos com potencial cancerígeno. Quando existe alguma dúvida após o procedimento, é possível realizar uma ressonância para a confirmação ou descarte da hipótese de câncer de mama.

Pacientes com implante de mama podem fazer exame de mamografia?

A paciente que possui implante de silicone nos seios poderá realizar exames periodicamente, seguindo a orientação médica. Exames de imagem, como mamografia e ressonância magnética serão feitos normalmente, mesmo com a presença da prótese mamária, que não atrapalha o diagnóstico de nódulos benignos e câncer de mama.

As próteses prejudicam ou impedem a amamentação?

Estudos realizados ao longo dos últimos anos confirmaram que as próteses mamárias não prejudicam ou impedem a amamentação. A cirurgia é realizada por trás da glândula mamária e, desse modo, não viola o sistema que produz e armazena o leite materno

.

A prótese de silicone pode sair do lugar, girar ou se romper?

É raro acontecer, principalmente quando utilizamos próteses de boa qualidade.

Existe uma idade correta para operar?

Não existe uma idade ao certo para realizar a cirurgia de prótese de mama. Pode ser feito a partir da idade em que o tecido mamário chega à sua maturidade final em relação à formação.

Existe uma época melhor para fazer a cirurgia?

A melhor época é aquela que permite à paciente realizar repouso moderado e seguir corretamente as recomendações médicas pré e pós-operatórias. A recuperação se dá em 2 a 3 semanas, período em que se deve evitar mexer muito os braços. Com 30 dias, já poderá fazer caminhadas leves com uso de sutiã pós-cirúrgico. Aos poucos, seu médico irá te liberando para determinadas atividades, até que em 2 meses você possa levar uma vida normal.

Posso colocar o volume que quiser?

Não. O cirurgião é quem fará uma análise do corpo da paciente e definirá, com base em exames completos, o volume máximo a ser aplicado. Além disso, são levados em consideração aspectos como as medidas precisas do tórax. Cada caso é um caso e, por isso, nem sempre a prótese que caiu bem em uma pessoa ficará boa em outra.

Será necessário colocação de dreno de aspiração?

Apenas em poucos casos selecionados, principalmente quando a prótese é colocada em plano submuscular, e quando se faz retirada de pele para suspensão da mama (mastopexia), visando uma melhor recuperação, menos dor, menos inchaço e melhor cicatrização nesses casos. O dreno, quando utilizado, é retirado na consulta de retorno.

Quando se coloca prótese submuscular?

Em geral, esses casos ficam reservados para pacientes que não têm nenhum ou muito pouco tecido mamário (mamas extremamente pequenas), para que a prótese tenha uma melhor cobertura e não fique praticamente em contato próximo à pele.

Cuidados especiais para quem realiza cirurgia plástica

Quem se submete à cirurgia de prótese de silicone precisa obrigatoriamente seguir as recomendações médicas. Dependendo da situação, pode ser necessário manter a região operada seca, sem molhar durante os primeiros 7 dias em média. Durante esse período, não há quase nenhuma troca de curativos. Deve-se tomar os antibióticos e analgésicos prescritos da forma correta, evitar exposição ao sol, manter uma alimentação leve e saudável, fazer repouso, não mexer muito os braços (principalmente nas duas primeiras semanas), e usar o sutiã cirúrgico durante cerca de 6 semanas. Em geral, pacientes dizem que a recuperação é tranquila.

A clínica do Dr. André Ahmed, cirurgião plástico no Rio de Janeiro, conta com uma imensa variedade de procedimentos estéticos e com profissionais altamente qualificados, visando sempre a beleza, a saúde e o seu bem-estar. Entre em contato e faça uma avaliação!

WhatsApp